sexta-feira, 20 de maio de 2011

"Perdido pra cachorro"



O filme mostra uma chihuahua patricinha e mimada Chloe de Deverly Hills, e de seu "Paisagista" Papi, que é totalmente apaixonado por ela... Por descuido Chloe para na Cidade do México, onde irá fazer vários amigos e aprender uma grande lição... "Cachorrinha patricinha 'No Más!'"
No caminho de Papi a procura de sua dama perdida, eles encontrão dois cães de ruas no qual no meio do filme encontram um lar... Chloe é ajudada por um Pastor Alemão, o Delgado, mas que esconde um grande segredo...
Mas essa viajem não é só alegria, Chloe tem que fugir de El Diablo e seu dono, se não...










sexta-feira, 13 de maio de 2011

Comando Cumprimentar

Este é um dos exercicios preferidos dos treinadores, porém requer muita habilidade do adestrador, pois este não é um movimento natural do cão, ou seja, equilibrar-se em duas patas não é uma tarefa fácil para um quadrupede! Encinarei dois métodos para que você possa escolher o de sua preferência ou que se adapte melhor ao seu cão. O primento usa um estimolo de pestisco e vocal, enquanto o segundo é feito com um estimulo tatil em conjunto com a liberdade. O resultado final deste exercicio é o cão sentado sobre as duas patas de trás, ergundo o corpo e as patas da frente. Vamos lá?

Metodo 1

Com a mão espalmada, prenda um petisco com seu polegar e coloque o cão na posição de sentar, como já encinei em posts muitos (muitos mesmo) anteriores. Ao seu lado, posicione lentamente a sua mão acima de sua cabeça. Desta maneira, você perceberá que ao tentar pegar o petisco, o cão tomará a posição esperada que é: apoiado sobre suas duas patas traseiras com auxilio de seu outro braço, que auxiliará no equilibrio do cão. Libere o petisco imediatamente e, com uma entonação de voz agradável, elogie logo em seguida. Assim, ele entenderá o que você quer que faça. Para que este truque fique pronto serão preciosos alguns mesesde treino, pois se trata de uma posição que não é natural ao cão e que exige uma musculatura forte para faze-la. Depois que ele já tiver assimilado o comando e estiver indo sozinho para a posição de cumprimentar, vá aumentando a distância lentamente dando um passo para trás. Depois, aumente os passos gradativamente lembrando do compensa-lo na volta e ainda na posição de cumprimentar. Se caso ele sair da posição nesse intervalo de tempo, recomece novamente o exercicío. Lembre-se de colocar a voz de comando quando o cão estiver entendendo o que deve ser feito.

O que pode dar errado

A dificuldade está em encontrar o ponto de equilibrio do cão, pois com a movimentação da mão (em qualquer direção) ele perderá o equilibrio e cairá. Atente-se em achar, o mais breve possível este ponto de equílibrio. Caso o cão tenha cauda, ela deve ficar para o lado de fora e de maneira reta, com as patas traseiras no solo. outra dificuldade é a hora de se retirar o braço. Para que o cão não se apoie nele, tenha paciência até que ele entenda o ponto exato de equilíbrio e permaneça em pé sem o seu auxílio. Isto é fácil se o elogio vier com a compensação do petisco na hora exata do equilibrio adquirido.

Método 2

Este você iniciará o exercicio com o cão na posição de sentar, com a cauda para fora. Se posicione atrás dele com seus pés em forma de V para que sirva de apoio para o cão. Coloque sua mão em seu peito e faça carinho nele sem diser nada. Alguns cães já se levantam apenas com o carinho inicial, o que é ótimo! Outros dependem de uma leve pressão para cima com qa mão de quem o está acariciano. Assim, ele levantará as patas dianteiras. Assim, ele levanta´ra as patas adianteiras. Quando isto acontecer continue com as carícias e observe se as patas traseiras não estão tortas no chão ou de lado. Caso isto ocorra, recomece de forma correta. Se estiver tudo como previsto, libere-o imediatamente de forma verbal, dando o comando de passear com a tonalidade de voz alegre. Em seguida, mude o local para reiniciar o exercicío diversas vezes, mas não no mesmo dia. O momento de prosseguir e dar um passo adiante será quando você estiver posicionado atrás do cão e ele já estiver indo para posição desejada. Este momento deve avançar o exercicío. Neste momento, você passará a ficar oa lado de seu cão com p é esquerdo atrás delee repetirá a carícia em seu peito. Assim que o cão assumir a posição desejada, libere-o para o passeio. Gravativamente aumente o intervalo de tempo em que ele fica na posição cumprimentar. Caso o cão tenha alguma dificuldade na posição lateral, utilize o colar de elos, que estará em seu pescoço, para ajudar no equilíbrio. Com o fim desta fase você irá para o último passo que é aumentar a distância gradativamente á sua frente, recompensando-o sempre na volta com o carinho e a liberdade.

O que pode dar errado

Com o primeiro método o segredo está em achar o quilíbrio. Verifique se as patas traseiras estão bem posicionadas e se a cauda está para fora. Isto ajudará no equilíbrio do cão. Verifique se está elogiando nahora exata, ou seja, no momento em que ele está lhe oferecendo o comportamento esperando e, principalmente, se o treino estpá sendo prazeroso para ele. Bom treino!

Atenção!
Não faça este exercicio com a raça Basset e outros cães com tendência a problemas de coluna, nem com filhotes, pois ainda não possuem estrutura física adequada para o exercicío

Ajude a ASPA!

A ASPA é um abrigo de animais da minha cidade, e necessita de doações, qualquer coisa ajuda (ração, medicamentos, vasilhas, brinquedos e etc...)! Se estiverem entereçados em adotar lá tem 20 cães e 15 gatos esperando uma familia, desde crianças a idosos, de porte pequeno a gigantes e todos muito doceis!

Site: www.aspasorocaba.blogspot.com
E-mail: aspasorocaba@yahoo.com.br

Muito Obrigada!

Luu...

Se não filmassem ninguem acreditaria!!

Inpressionante!


Fica vendo os irmãosinhos da cachorrinha entusiasmado querendo sair!



video

domingo, 1 de maio de 2011

Sem Palavras!

Sabe a ONG que eu ajudo aqui na minha cidade, a ASPA (Associação Protetora dos Animais), bem, falei para minha escola sobre o abrigo e a Angélica, das Responsabilidades Socias da escola, falou que ajuda várias entidades (de criança, idosos...), mas nenhuma que resgatace animais de ruas, ai dei o telefone da ONG para ela ver como que é o trabalho, há uns dia atrás a Angélica deu uma palestra sobre principalmente o FIB (Felicidade Interna Bruta), mas antes ela falou sobre os Jogos Solidários, na verdade, são vários tipos de jogos em que as salas são divididas e competem em várias coisas, desde o 8º ano ao 3º colegial, e desde a 3ª série eu estou doida para participar dos jogos, então... Ela na palestra falou que EU fui falar para ela sobre a ONG (Imagine o mico que passei quando todo mundo olhou para mim), e que este ano, que vai ser o primeiro ano que eu participo dos jogos, vamos ajudar a ASPA, ou seja, minha primeira vez dos jogos solidários vai ser ajudando o abrigo que eu já ajudo! Quase chorei de felicidade! Imagine: 8º e 9º ano e os 1º,2º. 3º colegial conseguindo doação para a ASPA!!!!!
Bem, vou dormir!

Luu... :D